Gastronômicos

Aliar turismo e novos sabores é uma das melhores maneiras de se aprofundar em diferentes culturas e criar conexões afetivas com diferentes destinos – sem falar nas experiências memoráveis. Se você gosta de experimentar diferentes culinárias regionais, certamente já foi um praticante do turismo gastronômico. 
Nesse cenário, a boa notícia é que não faltam destinos inesquecíveis para quem deseja explorar diferentes cozinhas – das mais tradicionais às mais exóticas – como parte da jornada multicultural da viagem. Para te ajudar nessa empreitada, reunimos 6 locais incríveis no Brasil e no mundo. Acompanhe!

Top 3: Destinos Nacionais

De dimensões continentais e incrível diversidade cultural, nosso país oferece múltiplas oportunidades para explorar o que há de melhor no turismo gastronômico. Confira!

Manaus (AM) 
Quando o assunto é conhecer a riquíssima região amazônica, a culinária é definitivamente uma atração à parte. Marcada principalmente por peixes de água doce e um tempero único de frutos e vegetais locais, a gastronomia amazonense pode ser experimentada em todo o seu esplendor na capital Manaus.
Não deixe de provar a tradicional moqueca de pirarucu (peixe conhecido como o “bacalhau da Amazônia”), o mousse de cupuaçu (fruto de sabor específico vastamente utilizado na alta gastronomia), o tacacá (sopa regional que tem o tucupi como o base), o famoso sorvete de tucumã e o delicioso tambaqui, outro peixe muito utilizado na culinária amazonense.  

Tiradentes (MG) 
Das mais famosas e apreciadas culinárias brasileiras, a cozinha mineira está mais do que bem representada na charmosa Tiradentes, onde o tempero da região está presente em toda a sua glória.
Além de curtir a bela paisagem histórica da cidade, com seus museus e casarões coloniais, aproveite os ótimos restaurantes para se deliciar com a autêntica comida mineira. O clássico feijão tropeiro, o frango com quiabo, o leitão à pururuca, o frango com ora-pro-nóbis e sobremesas típicas como o queijo canastra com goiabada e o doce de leite são pratos obrigatórios! 
Vale lembrar que o município tem um famoso festival gastronômico anual, o Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes. Com programação completa que inclui atrações musicais e a ocupação dos belos espaços da cidade, o evento tem como estrelas reconhecidos chefs mineiros. 

Belém (PA) 
De forte influência indígena, a capital do Pará foi eleita, em 2015, a Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco. 
Com destaque para o tucupi e o famoso jambu (conhecido como “agrião do Pará” e gerador de dormência nos lábios), a culinária de Belém proporciona experiências gastronômicas imperdíveis em pratos como o pato no tucupi, o tacacá regional e o açaí. 
Quem viaja para a cidade não pode deixar de fazer uma visita ao Mercado Ver-o-Peso, a maior feira livre da América Latina, que reúne as iguarias regionais. Para fazer turismo gastronômico na região, o mês de maio é o mais recomendado: nessa época, acontece o Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, que reúne chefs nacionais e internacionais.

Top 3: Destinos Internacionais

Lima – Peru (América Latina)
Ceviche, pratos que reúnem produtos típicos da Amazônia Peruana, experiências de imersão na cultura gastronômica local… um dos países mais marcantes quando o assunto é turismo gastronômico, o Peru conta com 3 restaurantes que já se destacaram por entrar na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, todos localizados na capital Lima. 
Muito além das belezas de Macchu Picchu e de Cuzco, um roteiro de viagem ao Peru não pode deixar de incluir a experiência da cozinha local. Em Lima, vá ao imperdível restaurante Central, que proporciona uma verdadeira viagem gastronômica que contempla os diferentes ecossistemas peruanos. 
Não deixe, ainda, de provar a culinária de influência asiática que mistura técnicas peruanas de preparo e a adição de ingredientes da região. Por fim, o passeio na capital só fica completo com a visita ao Astrid & Gaston, que conta com um ceviche inesquecível no menu. 

Hanói – Vietnã (Ásia)
Achou o destino exótico? A capital vietnamita Hanói se destaca por ser o maior centro de comida de rua no mundo. Food trucks, carrinhos de rua, vendedores ambulantes e tendas de comida típica abarrotam as ruas da cidade – e são o melhor caminho para experimentar a inusitada (e deliciosa) cozinha local. Arroz com raiz de lótus, Bun Cha (porco grelhado com noodles), o café tradicional feito com clara de ovos e porco marinado são alguns dos pratos típicos que estão na rota das experiências obrigatórias. Dica: vale a pena investir em um tour gastronômico guiado pelo Hidden Hanoi, um centro cultural e culinário do país que também oferece aulas de gastronomia.

Florença – Itália (Europa)
Amada pelos brasileiros, a culinária italiana tem na bela Florença um dos seus principais polos. Vale acrescentar, inclusive, que a Itália é fundadora do movimento Slow Food, que visa preservar a tradição dos pequenos estabelecimentos culinários e a cultura de uma comida preparada e saboreada vagarosamente e em toda a plenitude do seu sabor – o retrato da dolce vita. 
Em Florença, aproveite o suprassumo da cozinha toscana com ingredientes frescos, orgânicos e preparados com a sabedoria de uma tradição secular. Além de provar o verdadeiro sabor das famosas massas e dos risotos (incluindo o Risotto alla Piamontese e o Satimbocca alla Romana), os viajantes ainda podem harmonizar a experiência com alguns dos melhores e mais tradicionais vinhos do mundo.

E então, gostou das nossas dicas? Já teve a sorte de fazer turismo gastronômico em algum dos destinos que listamos acima? Deixe seu comentário para nos contar sua experiência e compartilhar suas dicas com a gente!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: